Museu Mineiro
Museu Mineiro recebe o 10º Encontro Estadual de Museus

Museu Mineiro recebe o 10º Encontro Estadual de Museus

Tecno-lógicas em Museus é o tema do 10º Encontro Estadual de Museus de Minas Gerais , que acontece nos dias 23 e 24 de novembro de 2017, no Museu Mineiro, com palestras temáticas e mesas de debate. O tema faz alusão aos significados do termo tecnologia, se referindo tanto às ferramentas digitais como às técnicas desenvolvidas para soluções de necessidades práticas e deseja refletir sobre as tecnologias possíveis nas diversas atividades dos museus.

O Encontro Estadual de Museus é uma realização da Superintendência de Museus e Artes Visuais e do Sistema Estadual de Museus de Minas Gerais e nesta edição conta com o apoio do IEPHA/MG, Circuito Liberdade e Associação dos Amigos do Museu Mineiro.

O evento terá  abertura na noite do dia 22 com a presença do Secretario de Estado de Cultura de Minas Gerais, Angelo Oswaldo (18h30) e apresentação do Quarteto Guignard (19h30). Em sua 10ª edição, o encontro tem como objetivo este ano, pensar criticamente como fazer bom uso das tecnologias disponíveis, enfrentando os desafios de atualização dos museus e das inúmeras limitações implicadas na sua utilização.

 Duas palestras inaugurais abrem a discussão do tema com o objetivo de entender o alcance da palavra tecnologia, as aplicações tecnológicas nos museus de forma abrangente e sua relação com o desenvolvimento local. No decorrer do encontro serão formadas três mesas de debate em torno dos temas: Tecnologia e Comunidade, Tecnologia da Preservação e Tecnologia e Educação.

Além disso, serão apresentadas experiências de museus relacionadas com o tema, como as práticas do Espaço UFMG do Conhecimento e do evento Museomix realizado no Circuito Liberdade em novembro de 2017.

O Encontro  Estadual de Museus se afirma como espaço de debate e contará, especialmente para a data, com representantes do Sistema Estadual de Museus dos 17 territórios de desenvolvimento de Minas Gerais. Uma ótima oportunidade para a troca com profissionais de museus de todo o Estado. Contamos com a sua presença!

Para fazer a sua inscrição acesse o link e preencha o formulário:https://goo.gl/forms/vG6hRa2cPLGsT4th2

Inscrições gratuitas. Vagas Limitadas.

Local: Museu Mineiro
Avenida João Pinheiro, 342 – Funcionários
Belo Horizonte – Minas Gerais
Informações: (31) 3269-1133 | 3269-1109


PROGRAMAÇÃO

22/11 – Quarta-feira
18:00 Credenciamento e Café (Atrium)
18:30 Abertura com Secretário de Estado de Cultura – Angelo Oswaldo (Sala das Sessões)

19;30 Concerto do Quarteto Guignard

23/11 – Quinta-feira
09:00 Credenciamento e café (Atrium)
09:30 Tecno-lógicas. Mediação: Ana Werneck (Sala das Sessões)
10:00 Tecnologia, Cultura e Desenvolvimento local – Renato Cimineli
10:40 Museu de Congonhas como processo museológico – Jurema Machado, Sergio Reis
11:20 Debate

12:00 Almoço

14:00 Tecnologia e comunidade. Mediação: Pompea Tavares (Sala das Sessões)
14:10 Espaço Comum Luiz Estrela – Felipe Hoffman
14:30 Ecomuseu do Cipó – Silvia Lima
14:50 Comentários da mediação
15:00 Debate
15:40 Café (Atrium)
16:00 Espaço do Conhecimento UFMG – Ana Flávia Machado (Sala das Sessões)
16:40 Museus e tecnologias – Vânia Carvalho -Museologia UFOP
17:20 Debate
18:00 Encerramento

24/11 – Sexta-feira 

09:00 Soluções para organização e gestão de acervos – Ana Carolina Montalvão (Sala das Sessões)

09:20 Tecnologia da preservação. Mediação: Aline Ferreira
09:30 Digitalização de Acervos – Flávia Andrade – APM
09:50 Ferramentas de Diagnóstico – LACICOR – UFMG
10:10 Setup fotográfico de baixo custo – Alexandre Leão – ILAB – UFMG
10:30 Comentários da mediação
10:40 Debate

12:00 Almoço

14:00 Tecnologia e educação. Mediação: Vinícius Duarte (Sala das Sessões)
14:10 Educação Patrimonial do Museu Casa Guimarães Rosa no Município de Cordisburgo – Ronaldo Alves
14:30 Projeto “Terras e Cores de Ouro Preto” Gélcio Fontes
14:50 Tecnologia no Memorial da Vale – Mabel Faleiro
15:10 Comentários da mediação
15:30 Debate
16:10 Café (Atrium)
16:30 MUSEOMIX 2017 – Circuito Liberdade: desafios e resultados – Marcela França (Sala das Sessões)
17:10 Debate
18:00 Confraternização (Atrium)

Instruções para acesso de pesquisadores ao acervo documental do Museu Mineiro e Centro de Estudos e Difusão da Arte Mineira – CEDAM

Instruções para acesso de pesquisadores ao acervo documental do Museu Mineiro e Centro de Estudos e Difusão da Arte Mineira – CEDAM

A Diretoria de Gestão de Acervos Museológicos da Superintendência de Museus e Artes Visuais (SUMAV) divulga instruções para que pesquisadores possam ter acesso ao acervo de documentos e fotos do Museu Mineiro e Centro de Estudos e Difusão da Arte Mineira (CEDAM), inaugurado em dezembro de 2016.

As instruções foram estabelecidas, no intuito de preservar o estado de conservação dos documentos e fotos  que estarão a disposição dos interessados.

 1 – A pesquisa deve ser previamente agendada através de e-mail ou telefone, especificando-se o objeto ou assunto da pesquisa.

2 – Durante sua permanência na Sala de Pesquisas da SUMAV, o pesquisador sempre deverá estar acompanhado de um funcionário da instituição.

3 – São permitidos apenas lápis (ou lapiseira) e borracha na Sala de Pesquisas.

4 – É permitido fotografar a documentação relativa ao acervo do Museu Mineiro com celulares, máquinas fotográficas, scanners de mão e outros equipamentos similares, trazidos pelo pesquisador, desde que sem flash e em baixa resolução, apenas para fins de pesquisa e, em nenhuma hipótese, para fins de divulgação e reprodução dos documentos.

5 – Em caso de cessão de imagens do acervo será cobrado o valor de R$ 2,50 por cada imagem cedida, mediante assinatura do Termo de Responsabilidade de Cessão de Direito de Uso de Imagens. Nesse caso, o pesquisador deve trazer a mídia (pen drive ou CD) para gravação das imagens; outros casos serão analisados individualmente.

6 – Os livros do CEDAM podem ser reproduzidos, contanto que sejam respeitados os critérios e normas dispostos na Lei nº 9.610/98, de Direitos Autorais.

7 – Durante a pesquisa não é permitido o consumo de qualquer alimento ou bebida.

8 – O celular deve ser mantido em modo silencioso e, quando necessário, deve ser atendido fora da sala de pesquisa.

9 – Cuide de seus equipamentos eletrônicos e outros materiais, pois eles são de sua inteira responsabilidade.

Horários disponíveis para pesquisa:

Documentação sobre o acervo do Museu Mineiro: terças e quintas, das 09h às 17h.

CEDAM: segunda a sexta, das 10h às 16h.

Contato para agendamento: Márcia Boscarino

marcia.boscarino@cultura.mg.gov.br

(31) 3269-1122

9º Encontro Estadual de Museus. Tema : “Pesquisa: no e para museu” 12 e 13 de dezembro

9º Encontro Estadual de Museus. Tema : “Pesquisa: no e para museu” 12 e 13 de dezembro

2 de dezembro (segunda-feira)

1º módulo: “O Museu e a Contemporaneidade: Pensar os Públicos”
09:30 às 10:10 – “Pesquisa sobre Contemporaneidade”
Diogo de Moraes (Sesc-SP)
10:10 às 10:50 – “Pesquisa de Público em Espaços Culturais”
Marcela França (IEPHA- MG / Circuito Liberdade)
10:50 às 12:00 – Debate

2º módulo: “Objeto, Memória, Museu: uma Construção Contínua de Significados”

14:00 às 14:40 – “A Exposição do Museu Brasileiro do Futebol: Escrita da História e Memória do Esporte”

Thiago Costa (Museu Brasileiro do Futebol – Mineirão)
14:40 às 15:20 – “Museus, Cultura Material e o Ensino de História”
Pablo Luiz de Oliveira Lima (Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG / Faculdade de Educação – FaE)

15:20 às 16:00 “A Pesquisa Histórica para Concepção das Exposições: a Experiência do MHAB”
Letícia Dias Schirm (Fundação Municipal de Cultura de Belo Horizonte / Museu Histórico Abílio Barreto – MHAB)

16:00 às 16:20 Café

16:20 às 17:00 “Recebendo Pesquisadores no Museu”
Vinícius Duarte (SUMAV / Diretoria de Gestão de Acervos Museológicos – DGAM)

17:00 às 18:00 Debate

13 de dezembro (terça-feira)

Clínica de Museus – Consultores: Maria Inez Cândido (IEPHA-MG) | Vinícius Duarte (SUMAV /DGAM) | Ana Carolina Montalvão (SUMAV /DGAM) |Ana Werneck (SUMAV / Diretoria de Desenvolvimento e Ações Museológicas – DDAM) | Pompea Tavares (SUMAV / Diretoria de Desenvolvimento de Linguagens Museológicas – DDLM)

09:00 às 12:00 Clínica 01 – “Construindo soluções para realizar pesquisas no museu”
14:00 às 16:00 Clínica 02 – “Construindo soluções para realizar pesquisas para museu”

Apresentações e Inaugurações
16:00 às 17:00 – Apresentação do projeto MuseoMix
Laura Maringoni (representante no Brasil)
17:00 às 17:30 – Café / APéROMIX (aperitivo do MuseoMix no Museu Mineiro)
17:30 às 18:00 – Apresentação e Lançamento da Publicação “Conceitos-chave de museologia” do Conselho Internacional de Museus – ICOM (Edição de Minas Gerais)
Bruno Brulon Soares (ICOM)

18:00 às 18:30 – Apresentação e Inauguração do Centro de Estudos e Difusão da Arte Mineira – (acervo Márcio Sampaio) – CEDAM
Márcio Sampaio (artista plástico e pesquisador) e Angelo Oswaldo (Secretário de Estado de Cultura de Minas Gerais)

Encontro Com o Pesquisador   Memória das Artes Visuais em Belo Horizonte

Encontro Com o Pesquisador Memória das Artes Visuais em Belo Horizonte

Você é nosso convidado para participar do  Encontro com o Pesquisador com a presença de Nelyane Santos (Doutoranda) e Gisele Guedes (Mestranda) integrantes do Grupo de Pesquisa Memória das Artes Visuais dos Acervos de Belo Horizonte do Departamento de Artes Plásticas da EBA-UFMG

 

Neste encontro as pesquisadoras Nelyane Santos e Gisele Guedes irão abordar: a Memória das Artes Visuais em Belo Horizonte – composição e perspectivas de trabalho do grupo de pesquisa em história da arte que versam sobre os acervos em Belo Horizonte; os Salões de Arte de Belo Horizonte; Apresentação da pesquisa e o enfoque atual; Abordagem à obra de Décio Noviello e o percurso de obras tridimensionais em Belo Horizonte.

 

O projeto Encontro com o Pesquisador foi criado pelo Museu Mineiro, com o objetivo de estimular a pesquisa e aproximar a comunidade acadêmica do Museu e seus públicos.  Neste projeto, os pesquisadores poderão participar de duas maneiras: apresentando suas pesquisas ou pesquisando o acervo e conteúdos do Museu Mineiro.

 

SOBRE O GRUPO DE PESQUISA

 

O Grupo de Pesquisa Memória das Artes Visuais dos Acervos de Belo Horizonte do Departamento de Artes Plásticas da EBA-UFMG, liderado pelo Professor Doutor Rodrigo Vivas, tem como base a discussão das teorias e métodos da História da Arte, assim como a análise de obras artísticas pertencentes aos acervos mineiros: Museu Histórico Abílio Barreto, Museu Mineiro e Museu de Arte da Pampulha comparativamente a outros acervos brasileiros e internacionais. As pesquisas contemplam o estudo de obras individuais do ponto de vista da História da Arte e a reconstituição do cenário artístico a partir do levantamento de salões, exposições de arte e críticas veiculadas em meios de comunicação.

 

Museu Mineiro